Quarta-feira, 24 de Maio de 2006

CARTA PARA UMA AMIGA

Amiga Maria (*),

Tem esta por finalidade além de esperar que esteja bem mais todos os seus esperando que saúde a boa disposição e dinheiro para gastos não lhe falte que nós por cá todos bem tirando os achaques do costume mas nada de especial só que a idade não perdoa mas cá vamos indo mais ou menos como de costume e o tempo até está bonito e ajuda a espairecer porque tristezas não pagam dívidas nem a derrota da nossa querida selecção juvenil perante os calhordas dos franceses e que devem ser descendentes dos que nos invadiram mas levaram então que contar à pala da ajuda dos nossos aliados ingleses que para troca nos ficaram com o comércio do vinho do porto mas enfim não há ajuda que não se pague mas dizia eu falando da finalidade deste mail que gostaria dizer-lhe quanto me alegrou saber que tem um genro que é filho de meus patrícios mais do Simão que até nem se chama Sabrosa mas ficou assim por alcunha por ser nascido no concelho de Sabrosa que pelos vistos também é dos seus compadres pais do seu genro e deste que lhe escreve e muito a estima e admira e este grande Simão que cá em casa é tratado por Simãozinho porque somos todos lampiões tirando a minha filha mais velha que é lagarta mas se isso foi defeito de fabrico alguma culpa tenho nisso e o Simão Simãozinho até me deu essa grande alegria de vir jogar para o meu clube e fazer um figuraço embora agora esteja com as malas meio feitas para ir jogar nos clubes ingleses os mesmos que nos ficaram com o vinho do porto na paga da ajuda contra os franceses mas isso deve ser sina de ainda não lhes termos pago tudo que havia a pagar e tanto deve ser assim que ontem não nos ajudaram a que os nossos jovens seleccionados enfiassem a bola na baliza dos descendentes do Junot e dos outros marechais do Napoleão.

Pois amiga Maria eu sou da aldeia de Paços que fica a um pulo de São Martinho d'Anta e outro pulo de Constantim que é a terra do Simãozinho e que tem uma banda de música catita que costuma alegrar as nossas festas e romarias naquelas bandas e se me lembro bem São Martinho d'Anta não tem banda de música mas foi local de nascimento do grande Miguel Torga que também não era Torga (nem Miguel, mas isso não vem ao caso) e adoptou esse pseudónimo em homenagem às torgas que como a amiga sabe são raízes e nós sem raízes é que não vivemos ou então vivemos pendurados a ver a vida passar mas Paços é que não tem nem banda nem poetas famosos e se me tem a mim nada lhe adianta que sou duro de ouvido e tão duro que a família nem me deixa cantar os "Parabéns" quando há festa de anos e muito menos sou poeta porque quanto a famoso disso nem se fala e fica sabendo se ainda não sabe ou o seu genro ainda não lhe contou que São Martinho d'Anta já foi lugar da freguesia de Paços mas com o definhar da minha terra e por causa da fama do poeta Miguel que por causa da banda é que não é que a não tem e trocaram a coisa e agora é Paços que é lugar e São Martinho d'Anta sede de freguesia e que é sinal que se eu fosse poeta ou famoso ou até jogador de futebol a coisa não ficava assim mas cada um nasce com os talentos que deus lhe deu e Ele nem sempre é justo quanto mais socialista e por isso é que temos poucos padres socialistas e muitos padres reaças que é coisa que herdámos do Cerejeira que felizmente já cá não mora para cantar saudades do António das Botas que também era uma boa prenda ou não tenham aprendido juntos pelo mesmo cardápio manhoso.

Dê então se estiver para me fazer esse grande favor um abraço de patrício ao seu estimado genro mais aos seus compadres que o deram ao mundo e diga-lhe da minha alegria em os saber conterrâneos cá deste seu amigo e admirador além do Simãozinho é claro que ele não nos pode faltar na companhia e no orgulho que temos em confiar que ele ensine os ingleses a jogarem à bola a ver se pagamos de uma vez por todas a dívida da ajuda que nos deram contra os franceses que ontem ganharam aos melhores entre os melhores da nossa lusa juventude mas foi dia de não darem conta do recado mas também se diga que não tiveram ajuda nem dos ingleses nem de outros da comunidade europeia que bem podia ter-nos ajudado mas o Barroso que é outro patrício transmontano lá de Valpaços não esteve para se ralar no que só mostra que mesmo entre os transmontanos há filhos ingratos.

E diga se faz favor ao seu genro que quando ele for a São Martinho d'Anta e eu também estiver lá por Paços havemos de nos encontrar e conhecer e até podemos combinar ir a Constantim pedir um autógrafo ao Simão que tão bem dá lustro a Sabrosa que é nossa comum e sempre leal sede de Concelho.

Com a maior consideração, estima e amizade, este que se assina

João

(*) Mail enviado a uma amiga leitora do meu blogue e que simpaticamente me revelou que tem um genro que é meu patrício transmontano.

Publicado por João Tunes às 14:39
Link do post | Comentar

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO