Quarta-feira, 10 de Maio de 2006

DA PRENDA PARA O INFALÍVEL

Confirmei a notícia, porque resisti a acreditar, que Durão Barroso, visitando o Papa, lhe ofereceu uma estatueta da Santinha de Fátima. Presumo que por bairrismo patrício para disfarçar o esforço burocrático-transnacional que a União Europeia lhe impõe em nobre função. Ou seja, um “toque português” com agrado garantido por parte do Infalível Bento. A minha surpresa nada tem a ver com a escolha de Durão pela Santinha, por quem terá adquirido devoção em Bruxelas, a cidade mais triste e mais chata da Europa, a quem o dever de servir o chamou a residir e a “euro-comissariar”. [Sempre senti, nas não poucas vezes em que estive em Bruxelas, que se ali vivesse, depois de gasto o gosto pelo mexilhão, ou fugia dali ou me convertia a uma qualquer seita, para conter a vontade pelo suicídio]

Não o discutindo, não gabo o gosto de Durão na escolha da “lembrança” ofertada ao Infalível Bento. É que daquelas, iguais ou parecidas, terá, lá nos armazéns do Vaticano, o Bento Infalível uma boa catrefa delas. Pelo menos, as trazidas nas malas dos seus antecessores nas muitas peregrinações até à sombra da azinheira mariana que faz as delícias e os proventos do nosso próspero turismo religioso.

Atrevo-me até a perguntar: se a ideia de Durão foi dar um “toque luso” à oferenda, tão publicitada, porquê não o recurso à surpresa estética do génio lusitano, brindando-o com um nosso genuíno Galo em bom barro de Barcelos? Ou, melhor ainda, uma daquelas reproduções impantes de manguitos do Zé, em castiça loiça das Caldas e genialmente inspirados no humor irreverente do  valente Bordalo. São símbolos demasiado laicos? Serão. Mas de Santinhas é que o Infalível Bento deve estar enjoado. Até arrisco que lhe deve apetecer mais um bom naco de torresmos para fazer peito a um bom vinho duriense de missa animada que receber visita de um dignitário de terra de bons comeres e beberes e acabá-la na rotina do “fast-food” de hóstias a que o Durão, por respeito induzido para com a Santinha, terá remetido a papal figura.

Publicado por João Tunes às 23:01
Link do post | Comentar
8 comentários:
De ana a 11 de Maio de 2006
Ai meu Deus, que me sinto provocada...
Ai meu amigo, vou tentar resistir a comentar essa heresia do "fast-food", que nem ouso repetir.
João, Você gosta de "picar" assuntos de religião.
Mas cuide-se: já ouvi dizer, por aqui, que os blogs são o novo "ópio do povo"! Diz o meu colega Ricardo, que é um rapaz vivaço.
Abraço e tenha um dia bom.
De João Tunes a 13 de Maio de 2006
Quem é o Ricardo de que fala? Soa-me a "frango"... Se é, dispenso, o Moretto chaga-me e ainda sobra...
De M. Conceição a 11 de Maio de 2006
Pensei exactamente o mesmo que o meu amigo, porque será? Algum de nós estará a caminho da conversão?
De João Tunes a 13 de Maio de 2006
Não é verdade, MC, que o futuro não nos pertence? Até lá, vamos por aí encontrando-nos e convivendo a "meio caminho".
De José Manuel a 11 de Maio de 2006
Neste momento era mais acertado uma imagem da Nossa Senhora de Caravaggio.
De João Tunes a 13 de Maio de 2006
Quem é essa?
De ana a 16 de Maio de 2006
...não sei quem é essa de N.S. de Caravaggio.
Já o "Cristo" de Caravaggio, é outra conversa.
Já tive a sorte de ver um original, com estes "dois" que a terra há-de comer.
De ana a 16 de Maio de 2006
João, quando oiço o nome Ricardo, não sei porquê, lembro-me de uma marca fictícia que é "RICARDO FRIED CHICKEN".
Mas falo de um Ricardo que trabalha comigo e não joga futebol, que eu saiba.
À baliza, também prefiro Moreto, grande guarda-redes e guarda-redes grande!

Comentar post

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO