Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

OS LUTOS DIFÍCEIS NO MARXISMO-LENINISMO (2)

001ks78c

 

Se o luto por Cunhal está adiado no PCP, um outro luto não realizado, talvez ainda mais doloroso, marca a história deste partido. Um luto interrompido abruptamente pelas semi-revelações da mostruosidade criminosa do finado que entretanto se arredaram da memória e das consciências, em que os crimes, pela recuperação propagandística, se transformaram em erros e desvios. Estaline, falecido em 1953, marcou, tanto ou mais que Cunhal, a identidade e a religiosidade iconográfica do PCP. E o luto por Estaline, que caminha agora a par do por Cunhal, está longe de ser feito no PCP como se depreende das frequentes visitas que o seu fantasma faz, cada vez com maior frequência, às páginas do “Avante”.  

 

Para que se entenda a dor de perda por Estaline sentida no PCP, nada como recordar os termos em que o Comité Central do PCP chorou, em 1953, a sua morte perante o povo português:

 

Aos trabalhadores de Portugal!

Ao povo português!

ESTALINE MORREU!

Mas a sua obra e o seu nome viverão eternamente no coração dos trabalhadores!

 

Camaradas! Trabalhadores de Portugal! Cidadãos!

O coração do camarada Josif Vissarionovitch ESTALINE deixou de pulsar! O amado guia, chefe e mestre de toda a humanidade progressiva, o grande amigo dos trabalhadores, morreu! Foi uma perda irreparável para o grande povo soviético, para o Partido Comunista da União Soviética, para os trabalhadores de todo o mundo, para a causa da Paz e do Comunismo!

O camarada ESTALINE foi o fiel companheiro de armas e continuador da obra de LENINE, com LENINE forjou e temperou no fogo vivo da luta o invencível Partido Comunista da União Soviética; com LENINE ele foi o genial obreiro da Grande Revolução Socialista de Outubro que derrubou para sempre numa sexta parte do mundo o poder dos capitalistas e latifundiários e instaurou o Poder dos Sovietes de operários e camponeses; com LENINE o camarada ESTALINE iniciou a construção triunfante da sociedade Socialista na União Soviética; com LENINE e seguindo os ensinamentos de LENINE o camarada ESTALINE foi o genial continuador dos grandes mestres do proletariado revolucionário – Marx e Engels – foi ele o melhor defensor da pureza das ideias de MARX-ENGELS-LENINE e enriqueceu a doutrina Marxista-Leninista com novas e preciosas descobertas; ESTALINE ensinou os comunistas a resolverem o difícil problema das nacionalidades e estabeleceu as linhas-mestras da transição do Socialismo para o Comunismo; com LENINE e seguindo os ensinamentos de LENINE o camarada ESTALINE conduziu sabiamente a luta vitoriosa do Exército Soviético contra os intervencionistas e guardas brancos que pretendiam restaurar na URSS o capitalismo e, quando da Segunda Guerra Mundial, foi ESTALINE que conduziu o Exército Soviético na luta contra os bárbaros invasores hitlerianos. Esmagando-os no seu próprio ninho, o camarada ESTALINE libertou a sua Pátria Socialista e toda a Humanidade da barbárie fascista, salvou a civilização e libertou centenas de milhões de pessoas dos sofrimentos atrozes nos campos de concentração, da opressão e do terror infames; e abriu caminho aos povos da China, Checoslováquia, Hungria, Bulgária, Roménia e Albânia para se libertarem da opressão imperialista e do capitalismo, para entrarem pelo caminho dum futuro radioso, pelo caminho do Socialismo.

Segundo os ensinamentos do grande ESTALINE, aprendendo com ESTALINE a criar confiança nas suas próprias forças e conhecer o caminho que conduz à libertação para sempre das grilhetas da exploração capitalista e da opressão imperialista, os povos ainda dominados pelo capitalismo e pelo imperialismo lutam vitoriosamente em todos os continentes e países por um futuro luminoso, pela Paz e pelo Socialismo.

Seguindo os ensinamentos do grande porta-bandeira da Paz, o querido camarada ESTALINE, muitas centenas de milhões de pessoas de todos os credos políticos e religiosos e raças lutam e lutarão indefectivelmente pela salvaguarda da paz mundial. O pensamento seguro do maior homem dos nossos dias e de um dos maiores génios da Humanidade em todos os tempos ilumina poderosamente o caminho dos povos para a Paz, para a Democracia e para o Socialismo. Centenas de milhões de trabalhadores de todos os países e raças juram manter-se sempre fiéis ao pensamento de ESTALINE, de prosseguirem indefectivelmente na luta pela Paz, pela Democracia e pelo Socialismo, a que ele consagrou toda a sua maravilhosa existência.

Seguindo os sábios ensinamentos de Josif Vissarionovitch ESTALINE os povos da grande União Soviética caminham de vitória em vitória para o Comunismo, fazem da imensa União Soviética um baluarte inexpugnável e invencível da causa da Paz, da Democracia e da Independência dos povos. No poder criador do povo soviético, na força invencível do Partido Comunista e do Governo da União Soviética está sempre vivo o pensamento gigante e imortal das duas águias da montanha: de LENINE e de ESTALINE, está a aplicação fiel e criadora dos ensinamentos sábios destes servidores incansáveis do proletariado revolucionário, dois guias seguros, inspiradores, chefes e mestres da luta dos povos de todo o mundo por uma vida melhor, por um futuro radioso.

A figura do camarada Josif Vissarionovitch ESTALINE era tão grande, a causa que ele encabeçava tão poderosa, que os chacais salazaristas não puderam ocultar inteiramente ao povo português o seu grande significado e quanto foi sentida a sua morte pelas pessoas progressivas de todo o mundo. Todos os portugueses que amam a Paz, a Democracia e a Independência Nacional sentiram profundamente a perda do camarada ESTALINE. A obra e o nome do camarada ESTALINE são profundamente queridas pelos trabalhadores portugueses, eles vêem na grande União Soviética a na vida feliz e radiosa do povo soviético a realidade viva do pensamento estalinista; por isso jamais o povo português pegará em armas contra a sua amiga União Soviética, por isso jamais o povo português se prestará a servir de carne para canhão para satisfazer os vis intentos dos imperialistas americanos e dos chacais salazaristas. Os operários, camponeses e intelectuais progressistas de Portugal sabem que o único partido político que incarna na sua luta os seus anseios e aspirações mais sentidas é o Partido Comunista Português, que este se inspira e se manterá fiel ao pensamento e obra do grande chefe e mestre

da Humanidade progressiva, do camarada ESTALINE. As vitórias do povo português na defesa da Paz e pela conquista da Democracia e da Independência Nacional tiveram e terão a inspirá-las e a guiá-las o pensamento criador do camarada ESTALINE, e estaremos tanto mais próximos da vitória final, quanto mais fiéis formos ao pensamento do grande mestre e amigo dos trabalhadores de todo o mundo. Seguindo pelo caminho sabiamente traçado por LENINE e ESTALINE os trabalhadores portugueses derrubarão o fascismo, farão de Portugal uma nação próspera, livre e independente!

Prestemos a melhor homenagem ao lutador incansável, ao génio que dedicou toda a sua vida radiosa à grande causa dos trabalhadores; honremos a memória do camarada Josif Vissarionovith ESTALINE cerrando ainda mais as nossas fileiras na luta pela Paz, pela Democracia e pela Independência Nacional!

Juremos manter-nos sempre fiéis à causa de ESTALINE, à causa da classe operária e camponesa, à causa dos trabalhadores e homens progressivos de Portugal!

Juremos manter sempre vivo dentro do partido dos trabalhadores portugueses, do Partido Comunista Português, o pensamento do camarada ESTALINE!

Guiemos sempre os nossos passos na luta pelo pensamento dos dois gigantes da causa do proletariado pelos ensinamentos de LENINE e de ESTALINE, e a vitória será nossa!

ESTALINE morreu, mas a sua obra e o seu nome querido viverão para sempre no coração dos trabalhadores portugueses!

GLÓRIA ETERNA AO CAMARADA ESTALINE!

VIVA O INVENCÍVEL PARTIDO DE LENINE E DE ESTALINE!

VIVA A GRANDE UNIÃO SOVIÉTICA!

 

Março de 1953,

O Comité Central do Partido Comunista Português

 

 

001kr43s

 

----

 

Imagens: Dois sentimentos relativamente a Estaline: 1) 1953, no seu funeral, os membros da Comissão Política do PCUS transportam a sua urna no início do desfile funerário; 2) 1956, húngaros revoltados em Budapeste posam junto aos bocados da estátua derrubada de  Estaline.

Publicado por João Tunes às 17:56
Link do post
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO