Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

O SOCIALISMO BOAVENTURADO

001e824d

 

Difícil é lidar com, quanto mais entendê-las, mentes brilhantes, incluindo, ou sobretudo, as mentes brilhantes académicas. Particularmente quando estas preferem surpreender além da capacidade comum em as entender, disfarçando melhor ou pior o cabotinismo próprio dos gurus predeterminados. Boaventura de Sousa Santos, um ilustre profeta desarmado de méritos firmados e bem caboucados na Universidade de Coimbra, homem que pensa o mundo além dos limites culturais, sociais e políticos próprios dos humanos, quando reflecte alarga o raciocínio em comprimento, largura e profundidade. Natural pois que, exorcizando os vícios que corroeram o socialismo, os socialismos, os velhos socialismos, esses mesmo que saltam coxos e marrecos perante o olhar e pensar do limitado homem vulgar de esquerda, causticado em decepções, encontrou uma listagem programática do “socialismo feliz”, o do século XXI, enunciando-a assim:

 

um regime pacífico e democrático assente na complementaridade entre a democracia representativa e a democracia participativa; legitimidade da diversidade de opiniões, não havendo lugar para a figura sinistra do "inimigo do povo"; modo de produção menos assente na propriedade estatal dos meios de produção do que na associação de produtores; regime misto de propriedade onde coexistem a propriedade privada, estatal e colectiva (cooperativa); concorrência por um período prolongado entre a economia do egoísmo e a economia do altruísmo, digamos, entre Windows Microsoft e Linux; sistema que saiba competir com o capitalismo na geração de riqueza e lhe seja superior no respeito pela natureza e na justiça distributiva; nova forma de Estado experimental, mais descentralizada e transparente, de modo a facilitar o controle público do Estado e a criação de espaços públicos não estatais; reconhecimento da interculturalidade e da plurinacionalidade (onde for caso disso); luta permanente contra a corrupção e os privilégios decorrentes da burocracia ou da lealdade partidária; promoção da educação, dos conhecimentos (científicos e outros) e do fim das discriminações sexuais, raciais e religiosas como prioridades governativas.

 

Belo programa, melhores intenções. Impulsionando uma vontade imediata e compulsiva de assinar ficha de inscrição e compromisso de imediata e brava militância recheada de vontades camaradas. O problema, pequeno grande problema, é saber onde mora a sede de recolha de adesões a este depurado socialismo do século XXI, autêntico paraíso da redenção social e política. E o problema começa e acaba aí. É que Boaventura de Sousa Santos envia-nos, para tal fim, a Caracas e Havana. Entregando-nos nas mãos do guia cristão-leninista Chavez. Ora, sendo assim…   

 

[O texto completo do artigo de Boaventura de Sousa Santos pode ler-se aqui (*)]

 

(*) O artigo foi publicado na Folha de São Paulo em 21 de Maio de 2007 e depois repetido na revista Visão de 24 de Maio.

Publicado por João Tunes às 17:35
Link do post | Comentar

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO