Domingo, 26 de Outubro de 2008

SÓSIAS STREAPERS

 

A campanha eleitoral também chegou aos clubes de Las Vegas. E por ali ganha Sarah Pallin, a grande inspiradora das sósias streapers.

 

Publicado por João Tunes às 18:52
Link do post | Comentar
Sábado, 25 de Outubro de 2008

A CANALHA E O BISPO

 

Num livro publicado pelo magistrado Antonio Arizmendi e pelo historiador Patricio de Blas, aborda-se a montagem policial feita, entre 1950 e 1952, de uma trama caluniosa sobre o então bispo de Calahorra, Fidel García Martínez (na foto), que, pelo seu passado anti-nazi, era odiado pelas hostes de Franco (notícia aqui). A trama contra este bispo não só lhe destruiu a reputação como lhe liquidou a carreira eclesiástica, isolou-o socialmente e levou-o a viver amargurado até ao seu falecimento em 1973.
 

A odisseia penosa do bispo Fidel García Martínez demonstra que o regime franquista, fortemente enlaçado com a hierarquia da Igreja Católica, tinha mão dura, recorrendo a todos os estratagemas, incluindo as mais vis e difamatórias, perante os hierarcas católicos menos empenhados na cruzada nazi-franquista. E, neste sentido, um bispo menos comprometido com o regime e os seus pressupostos ideológicos era um alvo a abater, sem contemplações quanto a escrúpulos. A que acresce que a Igreja Católica espanhola, marcada pelas décadas de ligação umbilical a uma ditadura de extrema-direita, após ter lutado numa guerra civil de um dos lados das trincheiras, o lado de Franco e dos nazis, mesmo após o regresso de Espanha à democracia continua agarrada às marcas dos vínculos passados com o franquismo. Assim, enquanto continua a fabricar beatos, às centenas, entre os apoiantes de Franco molestados pelos adversários, mantêm, ainda hoje, um manto de silêncio sobre o drama do bispo Fidel García Martínez, recusando-lhe o mínimo - devolver-lhe postumamente a dignidade manchada por uma polícia indigna, repressiva e vil nos métodos utilizados. Actuando à imagem e semelhança do ditador, do seu regime e da sua igreja.

Publicado por João Tunes às 19:59
Link do post | Comentar | Ver comentários (5)

A VIVENDA LAURENTINA ESQUECIDA

 

Nos tempos coloniais moçambicanos, era conhecida a rivalidade regionalista entre os de Lourenço Marques e os da Beira. Há tempos, a propósito de um documentário passado na televisão portuguesa, li muitas lágrimas em palavras dos que choram o actual estado de degradação do Grande Hotel na Beira. Mas não sei de qualquer laurentino que chore a degradação da famosa e emblemática “Vila Algarve” de Lourenço Marques (na foto). Conclusões possíveis: há uns mais regionalistas que outros ou encontram-se diversos tipos de regionalismos.
 
Nota: Post inspirado aqui.
Publicado por João Tunes às 19:01
Link do post | Comentar | Ver comentários (10)

REFERÊNCIA INCONTORNÁVEL

 

É preciso gostar-se muito pouco, ou nada, de liberdade e de democracia para se transformar uma das mais longas e implacáveis ditaduras em “referência incontornável”:
 

num mundo varrido por aquela que é, porventura, a mais grave crise de sempre do sistema capitalista, o exemplo resistente de Cuba constitui uma referência incontornável para todos os que persistem em lutar contra este sistema capitalista explorador e opressor e por uma sociedade justa, livre, fraterna, solidária, pacífica, socialista, comunista

 

(do último Editorial do "Avante")

 

Adenda: Através da Cristina fiquei a saber que, em convergência política com este Editorial, a Assembleia de Freguesia do Laranjeiro provocou uma enorme excitação na informação oficial cubana, extasiada com oslegisladores da localidade portuguesa de Laranjeiro”. Sendo vizinho do “corpo legislativo local” do Laranjeiro, mas para não esmorecer o entusiasmo dos excitados jornalistas governamentais cubanos, não lhes direi quantas almas habitam a freguesia do Laranjeiro. Assim, sempre poderão continuar a comemorar a doce ilusão deste apoio como tendo vindo de uma cidade com uma urbe de dimensão entre as de Londres e de Paris. 

Publicado por João Tunes às 17:33
Link do post | Comentar | Ver comentários (2)
Quarta-feira, 22 de Outubro de 2008

HAJA PRÉMIOS COM FARTURA

 

Em tempo de ciclo epidémico de prémios como o que está agora a inundar a blogosfera, arrisco-me a meter um de minha lavra. O de melhores estudiosos das Teses do PCP. E adianto dois premiados por mérito e antecipação, não cuidando de saber se são ou não bloggers. Eles são Ana Avoila e Mário Nogueira, controleiros do sindicalismo de funcionários públicos e professores, porque se esforçam por fabricar, com razão ou a martelo, manifestações e outros protestos com direito a palmas em Novembro no Campo Pequeno. E ainda pela notável capacidade marxista-leninista de envergonharem a classe operária que se aburguesou e não luta.

Publicado por João Tunes às 16:52
Link do post | Comentar | Ver comentários (5)

MARIALVA IMPERIAL

 

Quem acompanha um prato de pato com cervejolas, é natural que acabe o repasto a preferir uma sósia de Naomi à original.

 

Publicado por João Tunes às 14:39
Link do post | Comentar

QUANDO AS TRIBOS UIVAM

 

 

A propósito do vendaval de raiva separatista que não poupa os craques desportivos espanhóis que se recusam a servirem de bandeiras independentistas (casos do basquetebolista catalão Pau Gasol e do tenista maiorquino Rafael Nadal, os quais assumem o misto regional-nacional das suas identidades), Daniel Terrasa arrasa, e bem, os manipuladores tribalistas:
 

Una de las ventajas de las ideologías nacionalistas es que no exigen demasiado esfuerzo intelectual. Dividen el mundo en blanco y negro, buenos y malos, todo o nada. O estás con ellos o contra ellos. Hay que seguir la manada y cumplir con los ritos tribales. Cantar himnos y arriar banderas, mientras se queman las del "enemigo". Es tan fácil ser nacionalista... Es algo que está al alcance de cualquier bobo.

 

Publicado por João Tunes às 12:29
Link do post | Comentar

MENÚ DE EXPLICADOR PARA ALUNA CÁBULA

 

Se a senhora escrever várias vezes este memo para cábulas (congeminado por Pedro Rolo Duarte) num caderninho a colocar junto ao livro de orações, talvez ainda vá a tempo, não de ganhar eleições (seria pedir-lhe demais), mas de não fazer uma tristíssima figura que decepcionaria Cavaco Silva:
 
Que ser realista não é sinónimo de ser catastrofista.
Que ser sério não é sinónimo de ser chato.
Que ser ponderado não é o mesmo que ser refém de estudos.
Que ser assertivo não é o mesmo que ser repreensivo.
 
Que não alinhar em discursos demagógicos e populistas não é sinónimo de discurso nenhum.
 
Que prevenir não é o mesmo que desconfiar.
 
Que pretender dominar matérias não se deve confundir com ser escolástico.
 

... E que, por fim, para se ganhar confiança, credibilidade – e, vá lá, eleições – é essencial ter uma ideia para o país. Uma ideiazinha que seja.

 

Publicado por João Tunes às 12:05
Link do post | Comentar

PROMULGAÇÃO INQUINADA

  

O Presidente da República tem as suas competências e poderes. Mas não é guia espiritual da Nação. Se Cavaco Silva tinha esse projecto, devia ter-se candidatado, como exemplos, a chefe dos escuteiros, comandante da Opus Dei ou diácono da Maçonaria. Não à Presidência da República.
 

Não faz sentido que Cavaco Silva tenha promulgado uma Lei da República emitindo simultaneamente uma nota de discordância relativamente a ela e tentando condicionar o critério da sua aplicação. Que Cavaco Silva era contra a nova Lei do Divórcio já se sabia, tanto que vetou a sua primeira versão e explicou as suas discordâncias. Promulgar agora e criticá-la é uma atitude ideológica que degrada o exercício das funções presidenciais. E, em certo sentido, é um abuso de poder. Assim, confirma-se que os atavismos culturais de Cavaco Silva, sedimentados num reaccionarismo mitigado mas persistente, aliados a uma pulsão autoritário-impositiva mal contida e muito mal enquadrada na função presidencial, constituem um factor que contribui para a má qualidade política em Portugal. Com Cavaco a caminhar para a situação peculiar, comparativamente aos seus antecessores, de, com a passagem do tempo, ir sendo o Presidente de cada vez menos portugueses.

Publicado por João Tunes às 00:01
Link do post | Comentar | Ver comentários (1)
Terça-feira, 21 de Outubro de 2008

VENCEDORES E VENCIDOS (4)

  

 

 

Tem Historiador(a) que é pessoa. Irene Pimentel, comentando aqui:
 

devo dizer que sou sensível á necessidade de fazer o luto, enterrar os mortos e dar-lhes uma sepultura que os retire do esquecimento. O mesmo se está a passar, por exemplo, na Argentina, trinta anos depois dos crimes da ditadura militar, onde uma das armas mais terríveis e perversas desta última foi precisamente o «desaparecimento» puro e simples dos adversários políticos. Não se saber o que lhes aconteceu e onde foram enterrados impede o processo de luto e transforma algo que se passou no passado num eterno presente por resolver. Dar sepultura, um nome e um rosto aos restos mortais apazigua os que hoje vivem e permite “encerrar” o/no passado, sem que este ensombre o presente. É fazer com que o «passado possa passar» e aí possa finalmente entrar a História.

 

Publicado por João Tunes às 15:24
Link do post | Comentar

POESIA CONSTITUCIONAL

 

Dita em verso, a evidência tem outra graça:
 
Andam por aí uns gajos que adoram gajas
O que só lhes fica bem.
E vice-versa, o que bem lhes fica.
Mas se houver gajos que adorem gajos e gajas que adorem gajas,
- Por que não? É uma questão de tesão e de inclinação.
Por isso  não percebo, que assim sendo,
Não possam, todos, amar, casar, contratualizar.
 
Sejam como são, pensem como queiram,
mas não invoquem o nome de Deus em vão.
Fiquem-se tão só pela Constituição.  

 

Publicado por João Tunes às 14:48
Link do post | Comentar

INTERVALO PARA EMBARAÇO

 

- Quem é que, em tempo de crise, veio para a cimeira e andou aqui a passear o cão?

 

Publicado por João Tunes às 14:32
Link do post | Comentar

FASCÍNIOS

 

fascínios para todos os gostos:
 

As questões subjacentes à utilização da eutanásia e do suicídio assistido são fascinantes.

 

Publicado por João Tunes às 14:21
Link do post | Comentar

OBAMISTA PINTADO DE FRESCO

 

Por mim, preferia Hillary Clinton, mais sólida, mais progressista e com melhores possibilidades de vitória sobre o candidato Republicano.
(5/6/2008)
 
 
A confirmar-se a cavalgada de Obama e o afundamento de McCain nas sondagens de opinião, o dia 4 de Novembro pode assistir a uma vitória duplamente histórica. Primeiro, pela eleição de um afro-americano para a Casa Branca; segundo, pela dimensão dessa mesma vitória.
(21/10/2008)

 

Publicado por João Tunes às 13:08
Link do post | Comentar

BLOGO-ANÚNCIO COM STRESS EUFEMÍSTICO

 

Repare-se no eufemismo da “passagem pela guerra do ultramar”:
 
Mais uma vez sensibilizamos os nossos camaradas, e as respectivas famílias, que se julguem portadores de algum distúrbio com origem na sua passagem pela guerra do ultramar, para se dirigirem ou à ADFA ou à Liga dos Combatentes, que têm delegações em todo o País, a fim de receberem encaminhamento adequado e acederem ao tratamento a que têm direito.
 

É isso. Passaram por lá, havendo os que lá ficaram a residir em sete palmos de terra, com ou sem caixão. Outros, esqueceram-se lá de partes do corpo. Numa espécie de excursão à tal guerra do ultramar. Com a taxa aplicada, para alguns dos “passageiros”, de um distúrbio no regresso, mas com direito a tratamento passados mais de trinta anos.

 

Publicado por João Tunes às 12:43
Link do post | Comentar

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO