Terça-feira, 5 de Abril de 2005

NOZES E VOZES À MODA DE ALMEIRIM

chisiamo[1].jpg

De um próximo Escritor, eu leio-lhe (como sempre, ele fala para si, em voz alta): ”Dentro de dias será 'autor', palavras e nome e foto encaixilhadas para a estante. Ele não é feliz.”

Está bem, andorinha. Teve uma Secretaria de Estado à porta de casa, ambição sua, e deixou-a fugir, com Santarém a ficar como sempre esteve. É apaparicado por esbeltas com almas onde nunca faz frio. Tem uma escritora madura na prole e a quem surripiou talentos. É de um clube que deu 4-1 ao meu, arruinando o guarda-redes da minha preferência. Tem “sopa de pedra” para escolha de temperos ao virar da esquina. Espetaram uma Auto-Estrada a passar-lhe à porta para que os “murcons” em viagem para o Algarve não tenham de saber que este País (como qualquer outro) tem uma Capital. Tem sensibilidade pendurada na caneta de forma tal que transforma as cicatrizes no peito em poemas a Mafalala, ao sonho, à esperança e à utopia. Tem dois passaportes porque teve direito a duas mátrias. Ostenta, na garagem, um parque de meter inveja ao Museu do Buçaco e à colecção privada dos filhos de Sadam Hussein. Vai ser exibido em altar de escaparate.

Pois, digo eu, o proclamado Deus (e agora tão badalado, como se fosse do jet-set) dá nozes a quem imita desdentado. E será pecado grave, acrescento. Só pode ser.

Deixe-se disso, amigo Carlos Gil. Venha a "pomada" para a prova, se faz favor. Deixe o resto com a clientela, não atrapalhando o exercício do palato.
Publicado por João Tunes às 00:10
Link do post | Comentar | Ver comentários (3)
Segunda-feira, 4 de Abril de 2005

MISTÉRIO

capt.ath10503191122.greece_fashion_ath105[1].jpg

Qual a razão, ou as razões, talvez as sem-razões, que levam a que tanta mulher idolatre, ajoelhando-se, perante a instituição mais misógina e mais desigual que a cultura do nosso tempo ainda transporta e vinda do bréu dos tempos?
Publicado por João Tunes às 16:31
Link do post | Comentar | Ver comentários (4)

GANDA MURCON !

vict.jpg

Não, não é que aprecie especialmente murcons. Mas, como em todos os géneros, há murcon e murcon. Este, é um bravo - um benfiquista assumido dentro da cidade do Porto. Que não só escreve bem como tem a capacidade de olhar com olhos de ver e de sentir. Chamam-lhe Professor. Eu prefiro saudar a sua vinda à blogosfera como estimado consócio.

(Não liguem ao atrás dito. São espiches à glorioso. E presunção e água benta, cada um toma a que quer. Apreciem-no, antes, pela sensibilidade feita palavra. Porque este blogocompanheiro dedilha palavras como se fosse um emérito guitarrista de almas. E viva o Porto! Porto Cidade, é claro.)
Publicado por João Tunes às 15:42
Link do post | Comentar | Ver comentários (3)

O QUE SE PODE CHAMAR DE

espanto.jpg

Uma autêntica judiaria!
Publicado por João Tunes às 15:22
Link do post | Comentar

BLOGOPLURAL

DSCF1626[1].jpg

Pelo menos, daqui até ali.
Publicado por João Tunes às 12:22
Link do post | Comentar | Ver comentários (2)
Domingo, 3 de Abril de 2005

ALDRABAS E CATAVENTOS

capa[1].jpg

Na Biblioteca Museu República e Resistência, Núcleo Grandela (Estrada de Benfica, Lisboa), de 1 a 8 de Abril (horário: 10h00/18h00).

Ninguém está autorizado a faltar. Nem sequer eu (não é, querida Guida?).
Publicado por João Tunes às 23:31
Link do post | Comentar | Ver comentários (2)

CONTINUAS A NOSSA FESTA, PÁ!

capt.sge.sid99.130305000329.photo00.photo.default-384x260[1][1].jpg

Mantorras. Pedro Mantorras.
Publicado por João Tunes às 23:05
Link do post | Comentar | Ver comentários (1)

AFASTA DE MIM ESSE ÓPIO

correios[1].jpg

Pois claro que respeito a vida e a morte. Também claro é que respeito o homem que foi Papa. Como respeito o outro homem que o vai ser a seguir. Apesar de tudo.

Respeitar eu respeito, mas estou farto de Papas. Deito Papas pelos cabelos. Enjoei Papas. Eu não queria saber mais de Papas. Mas sei que vou gramar muito mais sobre Papas. Assim, estou chateado com os Papas. Apesar de tudo.

É porque eu não gosto de Papas. Nada tendo contra os homens que são Papas. Mas não aprecio a figura nem a instituição. Para mais, não lhes devo obediência porque estou fora do redil. Mais, até acho um anacronismo continuar a usar-se Papas. Apesar de tudo.

Se não me engano nas contas, vamos ter uma barrigada de Papas (o que se foi mais o que vem) aí para mais um mês. E eu fico na dúvida se vivemos numa sociedade laica ou numa sociedade religiosa de uma certa e única religião. E se não gosto de Papas ainda menos gosto de me saber a viver numa sociedade de Papas. Com Papas a toda a hora. Apesar de tudo.
Publicado por João Tunes às 18:33
Link do post | Comentar | Ver comentários (3)

RAÚL RIVERO EM ESPANHA

Imagens antigas 017.jpg

Raúl Rivero, cubano, jornalista e poeta, um dos presos de Castro mais incómodos para a ditadura cubana, veio viver para Espanha na companhia da sua mulher. Foi recebido por Zapatero a quem agradeceu o muito que fez pela sua libertação.

Espero que Raúl Rivero use a liberdade que lhe foi negada no seu País para agora escrever sem machado a tentar cortar-lhe a raiz às palavras. Digo-o, fiando-me na esperança (ou ilusão) que a auto-censura não tomará o lugar da censura dos esbirros da Ilha-Prisão-Praia. Mas fica-me a dúvida sobre se alguém de um País aprisionado numa ditadura consegue ser verdadeiramente livre a viver numa liberdade emprestada. Oxalá Raúl Rivero nunca esqueça que não deve só a sua libertação e direito ao exílio a Zapatero e não queira pagar o que lhe deve com o compromisso do silêncio.

Por mim, com Rivero ou sem Rivero, Rivero a falar ou Rivero calado, fico feliz por Rivero ter agora o acolhimento de Espanha democrática no lugar das masmorras castristas, mas não esqueço, não posso esquecer, as dezenas de jornalistas e outros presos de consciência que continuam a penar devido ao ódio paranóico de Fidel Castro à liberdade.

Adenda: A não perder a leitura desta transcrição de notícia no Fumaças.
Publicado por João Tunes às 17:57
Link do post | Comentar

DELÍRIO SOBRE UMA PERESTROIKA PAPAL

fnac[1].jpg

Pensava eu, em laica ignorância, que ser eleitor e ser elegível para Papa eram privilégios de Cardeal. Afinal, só o primeiro dos privilégios é verdadeiro. Pode ser eleito Papa um não Cardeal – um bispo, um padre ou até alguém que nem sequer seja sacerdote (nesse caso, seria ordenado no dia da eleição).

Assim sendo, está em aberto a oportunidade de um grande sinal de modernidade da Igreja Católica ao mundo - uma perestroika a pedir meças à da implosão do socialismo real -: os senhores Cardeais elegerem, para próximo(a) Papa, uma negra lésbica (e católica devota, é claro). Seria um três em um - punha-se termo à descriminação da mulher no seio da Igreja Católica, mostrava-se a rejeição pelo racismo e dava-se sinal positivo à liberdade perante a orientação sexual. O mundo ficaria mais arejado e a Igreja ganhava, pelo menos, mais um crente (porque até nem sou de difícil conversão). Problema ou oportunidade?
Publicado por João Tunes às 00:09
Link do post | Comentar | Ver comentários (5)
Sexta-feira, 1 de Abril de 2005

REGRESSO

espanha 129.jpg

E, antes do mais, poisar...
Publicado por João Tunes às 23:03
Link do post | Comentar | Ver comentários (5)

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO