Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

O crime do padre Samuel

 

Para que serve o dinheiro recolhido pelas congregações e confrarias da Semana Santa tão difundidas em Espanha? Sobretudo para desfiles de encapuçados e carrego mortificante de andores múltiplos e pesadíssimos, repartindo castigos colectivos espalhados pelos séculos devido ao martírio de Cristo. Já assisti a alguns e tropecei em ainda mais nos acasos em que me deu para passear por Espanha durante a Semana Santa. Esta é sempre uma semana sombria e masoquista em Espanha, um resquício poderoso e partilhado desde quando a Igreja, com Franco, ressuscitando as marchas do Santo Ofício, se transformou numa espécie de Ku-Klux-Kan de Estado-Altar e que a “transição” não beliscou. Para alegria de recomposição de muitos hoteleiros portugueses, muitos são os espanhóis que, aproveitam as férias fartas da Semana Santa no seu país, invadem Portugal, trocando uma escapadela a preços módicos pela mortificação dos seus patrícios que lavam pecados anuais com desfiles de encapuçados.
 
O pároco Samuel Martín Martín, com 27 anos de idade e subordinado do Arcebispo de Toledo, provavelmente um indeciso impotente entre o apelo mórbido do sofrimento das congregações e confrarias e o de rumar a Sesimbra ou Algarve, preguiçando no sol, mar e peixe fresco grelhado, deu-lhe para o erotismo escapista de voyeur, o alimento dos masturbatórios clandestinos, por opção ou condição. E vai daí, foi-se à caixa das congregações e confrarias da Semana Santa e esbanjou 17.000 euros em ligações a linhas telefónicas eróticas e páginas pornográficas da Internet. Digamos que, pelo valor do gasto, foi um fartote para consolar a líbido reprimida do jovem cura. Que, por efeito de colapso de tesouraria, vai ser pago em falhas de carapuços e andores, num desvio contabilístico de mortificação para gozo erótico de um padre em apuros sexuais com carácter de urgência (quase me apetecia citar Daniel Filipe, mas nem tanto ao mar nem tanto á terra). Quem não esteve pelos ajustes foi Braulio Rodríguez, o Arcebispo de Toledo, expedito a punir o pároco voyeur com inibição do exercício do seu ministério sacerdotal, paroquial e educativo. Para o Arcebispo, os carapuços, os desfiles e os andores mortificantes são mais valiosos e neutralizadores que a descarga da líbido espartilhada nas sotainas. E manda quem pode.
 
(notícia aquí)   

 

Publicado por João Tunes às 15:18
Link do post | Comentar
2 comentários:
De Draguinho a 23 de Fevereiro de 2010
(...)
"E manda quem pode."

Tem a caerteza que a última palavra não se devia escrever com "ph"?
De João Tunes a 23 de Fevereiro de 2010
Talvez. Ainda me lembro de ver dísticos de farmácias, anunciando a botica como "Pharmácia".

Comentar post

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO