Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009

BOA NOTÍCIA

 

Contrariamente à hipótese que coloquei, Richard Williamson (na foto, quando saía da Argentina, cumprindo ordem de expulsão) não escolheu a Figueira da Foz para residir. Prevejo que alguns companheiros e amigos que eu cá sei vão passar a dormir mais descansados.

 

Publicado por João Tunes às 23:29
Link do post | Comentar
8 comentários:
De marceloribeiro a 25 de Fevereiro de 2009
Terá de concordar que para a Figueira já bastou o dr Lopes...trazido, de resto, por alguns transfugas - ou nem isso - do Ps.
De João Tunes a 25 de Fevereiro de 2009
Claro que concordo. Como também lhe basta ter um clube que joga em relvados de campos de futebol e se chama de "Naval".

De marceloribeiro a 25 de Fevereiro de 2009
E 1º de Maio, se faz favor...\

A velhissima Associação Naval 1º de Maio (uma das mais antigas agremiações portuguesas) era um pouco o expoente das ambições gremiais dos pescadores e opertários dos estaleirros. Era popular ao contrário do (Real) Ginásio Club figeuirense.
Toda a sua glória vem das regatas e só tardiamente entrou nos futebois (anos 30 ou 40, não sei). durante quase todso este tempo esteve na 2ª divisão que é aliás o seu lugar. Trata-se de uim clube pobree sem meios para andar pela verde relva mas em Portugal as coisas são mesmo assim e a Naval para espanto meu e escarmento de alguns lá se vai aguentando. Suponho que mesmo na figueira tem poucos adeptos...
E já agora: a figueira não é terra de muita religião peses embora uma certa tradição piscatória , o S Pedro, a Denhora da Encarnação e o S João que se festeja rijamente. A praia e o nu induziram - de há muito - a população à licenciosidade e ao pecado (s não por obras pelo menos pelo pensamento libidinoso que é suscitado pelos passeios na praia durante o Verão. Creio que Sª Reverenbcia não se sentiria à vontade numa terra assim e que, para mais, acolheu centenas de judeus durante a guerra.
De João Tunes a 25 de Fevereiro de 2009
Já aprendi hoje mais sobre a Figueira. Então o Naval da bola é dos proletas e o Ginásio do basket é dos realistas. O primeiro não me diz nada além do equipamento detestável na imitação, quanto ao segundo já conheço melhor pois é um velho competidor (fraco/médio) no basket e assisto-lhe a bastantes jogos (já fui à Figueira de propósito só para isso) sempre, é claro, na situação de apoiante da equipa adversária (a minha). Mas, felizmente, no basket há mais fair play que no futebol.

Abraço.
De marceloribeiro a 25 de Fevereiro de 2009
Desculpe mas as cores da Naval não são imitação porque é mais antiga...do que o pretenso imitado...
De João Tunes a 25 de Fevereiro de 2009
Quem diria que o SCP, clube de origens tão aristocráticas, copiou o equipamento do Naval 1º de Maio, clube proleta e evocador do Dia dos Trabalhadores...

A Figueira é um poço inesgotável de revelações. Como a de, não sendo terra de muita religião, meterem os cardeais no Casino a jogarem homilias à cata de jackpot em bons costumes.
De carlosfreitas a 25 de Fevereiro de 2009
Ora cá está mais uma lição sobre a Figueira desportiva e na desportiva. E sobre os judeus refugiados por cá, a mando de sua excelência, que não tinha melhor que as estâncias balneares para os mandar acolher, foram muitos. A "finita" Havanesa, do Bairro Novo, contaria muitas histórias de vida de alguns deles. O pior, o pior, foi a lei do fato-de-banho, embora Capitania e seus capitaneados lá foram fechando os olhos e a vidinha continuou. Para datas cá estou eu, a " À Naval", como se deve pronunciar quem quiser dizer bem, viu a luz do dia no Primeiro de Maio de 1893, tinha então como lema "Arregaçar as mangas e meter mão ao trabalho". A origem humilde levou a que durante muito tempo os elementos mais endinheirados da sociedade figueirense estivessem interditados de pertencer às Direcções da "prestimosa", como era carinhosamente tratada pelos jornalistas desportivos cá do burgo, Associação Naval 1º de Maio. Foi a terceira colectividade nacional a obter a classificação de Instituição de Utilidade Pública, concedida pelo Comité Olímpico Português. E mais não digo. Ainda fico parecido com o papagaio que habitava nos baixos da primeira sede do Sporting Clube Figueirense, que também teve honras de existência por cá. Quanto a agremiações que associassem o nome ao dito glorioso, afianço que só em finais do século XX, arranjaram sede numa esquina da Praça Nova.
Então boa viagem pró Bispo.
De João Tunes a 25 de Fevereiro de 2009
Sim senhor, caros senhores. Com a vossa ajuda, já sei mais sobre a Figueira que sobre a terra onde nasci. E à Figueira, além das idas aos jogos de basket, só lá fui ao casamento de um meu sobrinho que decidiu acasalar-se com uma figueirense e por lá resolveram fazer a boda.

Mais uma vez, obrigado.

Comentar post

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO