Domingo, 30 de Julho de 2006

MEUS SENHORES...

Arrefeceram há pouco os corpos das vítimas, incluindo as muitas crianças, no massacre odioso, inadmissível como todos os massacres, em Qana no Líbano. E eu, na minha incapacidade de parar guerras, só posso chorá-las.

 

Vocês, meus senhores, sei que também choram essas mesmas vítimas e têm carpideiras sem fim para ampliar os choros. Mas, meus senhores, as vossas lágrimas não são mais humanas que as minhas. Porque choro sempre todas as vítimas da brutalidade humana. Melhor dito, de todas as brutalidades humanas. E espero sempre, num misto de confiança e ingenuidade, de outro ser humano, meu concidadão do planeta Terra, que faça o mesmo, não colocando filtros ideológicos na categorização dos sentimentos perante as vítimas e tendo a desumanidade, politicamente disfarçada, de dizer “esta vítima é mais vítima que aquela” e "este crime é mais inadmissível que aquele". Do género daqueles que dizem que Auchwitz foi o cúmulo do Mal Castanho mas o Gulag só existiu na propaganda do Mal Americano e é para esquecer. Os mesmos que se aproveitem das vítimas, como urubus, manipulando as perdas em função do saldo em conta de qualquer causa. Porque aos urubus ainda podemos desculpar o instinto de sobrevivência física. Aos urubus ideológicos, nem sequer isso. Muito menos que isso.

 

Eu não choro combatentes de qualquer lado, eles sabem ao que vão. Quando muito, apenas se dividem em heróis ou vilões, segundo o critério do lado da trincheira. Eu choro os civis apanhados sob o fogo das guerras dos combatentes, todas as guerras, sobretudo as crianças. Incluindo, com repulsa, as vítimas de Qana.

 

Espero, senhores antijudaicos, aliados - objectivos ou subjectivos - do Hezbollah, que me permitam misturar as minhas às vossas sonoras lágrimas de agora. Eu é que não vos permito essa mistura se amanhã se calarem com outras vítimas, outras crianças, gerindo o choro ao serviço do fim de Israel ou do quer que seja. E já não falo de hoje ou de ontem, porque então...

Publicado por João Tunes às 22:44
Link do post | Comentar
1 comentário:
De Manuel Correia a 31 de Julho de 2006 às 11:47
João Tunes,
o meu interesse pela conversa não esmoreceu. Completei uma pequena série de postes -- Onze minutos! -- no PUXA.
Abraço

Comentar post

liuxiaobo.jpg

j.tunes@sapo.pt


João Tunes

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO