Quarta-feira, 16 de Fevereiro de 2005

COMO SE DISSESSE: SENHORES ELEITORES, TENHAM PENA DE MIM

cadeira.jpg

Do famoso debate de ontem só retenho e evidência da táctica de Santana Lopes:

- Admitir, pela postura, que perdeu.

- Apelar à clemência para com os vencidos (ele), impedindo a goleada do adversário.

Reconheça-se que, em todo o mundo, não deve haver outro político com igual capacidade de vitimização. Mas, a piedade ainda é o que era? A resposta a esta pergunta é, para mim, o mais interessante a saber na noite do dia 20. Não é por nada, mas gostava de saber que povo é o meu.
Publicado por João Tunes às 10:30
Link do post | Comentar
3 comentários:
De Joo a 16 de Fevereiro de 2005 às 16:06
Pois, estimada IO, já é segunda vez que me calha a rifa. Deve ser pelo meu gosto em "coxinhas de rã" (fritas). Na falta de rã sai-me sapo...
De atento a 16 de Fevereiro de 2005 às 11:32
1 noivo que no seu casamento não tivesse pago impostos sobre o enxoval da noiva nos últimos 3 anos FUGIU AO FISCO segundo o dr Francisco Louçã no debate da RTP1.
Foi o que aconteceu entre 3 bancos que decidiram trabalhar juntos a partir de determinada data.
Pior é que o eng. josé Socrates , sem saber ao menos do que o seu parceiro reivindicava apresentou total solidariedade com a ideia.
Francisco Louçã acredita que o facto de o noivo receber o enxoval já feito é lucro(maisvalia) e como tal sujeito a impostos.
A ideia é tao descabida de sentido que nenhum jornalista presente foi capaz de decifrar o erro.
O dr Santana Lopes ficou estupefacto de como é possível alguem não ter percebido este lapso e num ar de diplomacia pediu ao dr Louçã o despacho do processo para ver ate onde o coitado estendia a sua estúpidez.
De IO a 16 de Fevereiro de 2005 às 11:02
Olá blog do dia!

Comentar post

liuxiaobo.jpg

j.tunes@sapo.pt


João Tunes

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO