Quinta-feira, 26 de Abril de 2007

JARUZELSKI E A LEI MARCIAL

 

Pobre Jaruzelski que combateu a contra-revolução e só “perdeu” a batalha por causa de Gorbatchov. Agora está a prestar contas à justiça por ter sido um ditador a governar em lei marcial. Necessária, segundo o “Avante”, para “defender o governo socialista” e “controlar o movimento revoltoso, fortemente financiado pelo Ocidente”:

 

O general Wojciech Jaruzelski, de 83 anos, foi oficialmente acusado de «crime comunista», dia 17, pelo Instituto da Memória Nacional junto do tribunal regional de Varsóvia. Em causa está a declaração da lei marcial na Polónia, em 13 de Dezembro de 1981, que permitiu controlar o movimento contra-revolucionário desencadeado a partir dos estaleiros de Gdansk pelo sindicato Solidarnosc, liderado por Lech Walesa.

Nesse dia, numa alocução televisiva, Jaruzelski considerou que «o país está à beira do abismo». Para controlar o movimento revoltoso, fortemente financiado pelo Ocidente, o governo socialista dissolveu o Solidarnosc, proibiu as greves e deteve os seus principais activistas. A lei marcial prolongou-se até Julho de 1983.
Remetidos à clandestinidade, os correligionários de Walesa só voltaram a ganhar força com a subida ao poder na União Soviética de Mikhail Gorbatchov, em 1985.

 

Publicado por João Tunes às 17:29
Link do post | Comentar
7 comentários:
De ADG a 26 de Abril de 2007 às 21:36
Tem de facto opinião sobre estas notícias ou o "Avante!" paga-lhe a publicidade?
De Anónimo a 27 de Abril de 2007 às 18:33
Diga lá o que acha? a pergunta é porque não atinge ou está preocupado com a gestão financeira do avante. Ou é ainda daqueles que diz mal por dizer porque anda de mal com a vida? Ou será pura raiva POR NÃO TER OPINIÃO!!!!!!!!!!
De Vitor Sergio a 27 de Abril de 2007 às 22:14
Observando os comentários nos postes dedicados ao Avante, essa leitura cómica, que não se dispensa semanalmente, sobretudo, agora que já não existe o Vilhena e outras gazetas do riso, confirmo que os leitores, militantes do PCP e críticos anónimos do agualisa, não têm sentido de humor porque julgam que, o Avante, traz notícias actualizadas. Esta do "carniceiro" polaco foi escrita por Álvaro Cunhal, tal como as do apoio à invasão da ex-Checoslováquia ou à repressão brutal da insurreição húngara. Na realidade esta espécime, em vias de extinção, devem continuar em Portugal e não ir para a Venezuela, Cuba ou Coreia do Norte. Como nos iríamos rir à 5.ª feira?
De João Tunes a 28 de Abril de 2007 às 18:27
De Anónimo a 28 de Abril de 2007 às 18:54
Meu caro
Não dediquei nem deixei de dedicar comentários ao Avante. Apenas comentei um comentário que julguei desapropriado e sem sentido. Mas quem sou eu.....
"Não sei se sei
Sou dos Tais
A quem pouco saber cabe
Mas sei que é saber demais
A gente saber que sabe"

RosaLatina
De paulo santiago a 28 de Abril de 2007 às 00:56
João
Tu és um tipo incómodo,há uns que te acusam de não
teres opinião,será que sabem ler o que escreves?,
outros dizem que fazes publicidade ao "avante",
andam baralhados?
Linkei para o "avante"onde li,cito"na nova situação
então criada,em Agosto de 1989,três meses antes da queda do muro de Berlim"verifico com espanto,que
os auto-proclamados revolucionários, falam do MURO
como uma coisa normal,não como uma aberração
contracionária.
O Jaruzelki,foi um ditador esfingico,atrás daqueles
óculos escuros,era uma raça condenada,com Gorbatchov,ou sem Gorbatchov.Estava condenado
pela revolta operária de Gdanski,apoiada pela
poderosa Cúria Romana.
Hoje,a Família,os gémeos,presidente e 1ºministro,
será que não são uns ditadorzecos embrionários?
Continuo a apreciar a tua independência crítica,não
sendo,nem procurando ser ,um intelectual,tu és,
escrevendo coisas bem elaboradas.Isso fica a teu
cargo.Aprendo com os teus post's
Abraço
De João Tunes a 28 de Abril de 2007 às 18:26
Abraço, caro Paulo.

Comentar post

liuxiaobo.jpg

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

João Tunes

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO