Quinta-feira, 26 de Abril de 2007

CINCO SÁBIOS

001aq24y

 

Sábio é o que tem a arte de saber sentindo, fugindo aos lugares comuns, frases feitas e até ao discurso, conseguindo-o inclusive no pretexto tão difícil do 25 de Abril. Eu comemorei a data a escolher sábios espalhados por aí. E deu assim:

 

Um:

 

O cidadão só não é naturalmente e por obrigação um político quando convive com uma ditadura, mas isso o 25 de Abril tirou todas as desculpas de se brincar às escondidas depois de adultos, entre adultos.

 

Dois:

 

a democracia é coisa que está sempre em obras, o que é uma chatice. Mas mais vale viver entre andaimes do que entre grades sejam de ferro ou tão só tecidas de medo. E é isso que não é fácil de ensinar a quem nessa altura tinha dez, doze quinze anos para já não falar nos outros ainda mais novos. E todavia foi por eles, para eles que alguns se arriscaram. Não estou a pedir grande meditação sequer um minuto de silêncio. Prefiro mesmo que o dia tenha sido passado como qualquer outro feriado porque isso é o verdadeiro sinal da vitória: viver na normalidade.

 

Três:

 

Acordaste-me, cedinho, para a notícia. Ainda ouço a chave na porta, a tua voz. Ainda vejo o teu casaco azul. Saímos para a rua. O dia estava parado. À espera. Na faculdade, aproveitámos para suspender as aulas. Fomos para a Praça, à procura de notícias. A rádio passava música sinfónica. Qualquer pessoa com mais de dezoito anos percebia que era música fascista. E que os fascistas estavam aflitos.

 

Quatro:

 

deixei há alguns anos de ir à festa a cada 25. Mas continuo a falar do 24, pois assim a urgência fica mais fácil de entender. E a falar também daquele tórrido 26, no qual uma outra urgência continuava na rua e jamais dormia. Talvez assim, para quem o não viveu, ou para quem dele se vai esquecendo, Abril possa fazer algum sentido.

 

Cinco:

 

Salgueiro Maia já morreu, mas não é por ter morrido que o prefiro aos cravos. É que, por muito que ele gostasse deles, dos cravos, e eu disso não sei, nunca lhe vi nenhum cravo na sepultura. E a essa, à sepultura, vi-lha.

 

Publicado por João Tunes às 00:21
Link do post | Comentar
4 comentários:
De Anónimo a 26 de Abril de 2007 às 21:12
Adorei todas as postagens deste dia 26, em especial ao que diz respeito ao SÁBIO. Ontem não entendi se houve uma comemoração do 25 de Abril, ou uma inauguração do polémico túnel, do também polémico Marquês. Também não entendi porque é que a polícia mandou identificar os jovens que livremente desejavam, na festa da liberdade, atirar uns tomates ao cartaz que apela à Xenofobia em Portugal. Mas também não entendi porque é que o dito cartaz inconstitucional, foi declarado constitucional. Também não percebi porque foi mandado retirar o cartaz dos "Gatos fedorentos", porque a CML, não havia licenciado, quando a CML que licenciou o cartaz do PNR, fez uma Moção, contra esse mesmo Cartaz. Concluo que existem demasiadas coisas que não entendo, mas hoje também já me disseram que penso demais. Pois, em 74 só tinha 8 anos, nunca cheguei a sentir que não se deveria pensar. Mas, cada vez mais acho que temos de pensar para dentro. Será que algum dia conseguirei? Não creio. Mas porque será que sinto que o povo dorme e só acorda para as novelas do futebol? Pronto, lá estou eu a pensar outra vez!!!!!!!!!!!!!!
De Anónimo a 26 de Abril de 2007 às 21:14
Esqueci-me de assinar o comentário acima exposto.
Maria José Luís. Aquela de ficar anónimo, só mesmo para quem não dá a cara, lol.
De João Tunes a 28 de Abril de 2007 às 18:32
Pode pensar e deve falar. Ora essa! Obrigado por exprimir aqui as suas opiniões. Já agora: porque não cria um blogue? Abraço.
De Anónimo a 28 de Abril de 2007 às 19:19
Caro João tenho dois blogues, embora um pouco abandonados por falta de tempo. Mas os mesmos são vocacionados para a história do indígena brasileiro e a sua continuada luta de preservação de identidade cultural. Tenho ainda participação em vários fóruns de debate e informação. Hoje nesta era das altas tecnologias, informação há muita, mas veracidade muito pouca. Não sei se está a par do que aconteceu no dia 25. Da polícia a bater em manifestantes. Vou tomar a liberdade de lhe enviar o e-mail com os links para vídeos amadores que escaparam à polícia e testemunhos de pessoas agredidas.
Um abraço

Comentar post

liuxiaobo.jpg

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

João Tunes

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO