Domingo, 31 de Outubro de 2010

Pedofilia com sacristia e água benta

 

Na manifestação realizada hoje em Roma contra a pedofilia que emporcalha a Igreja Católica, as mensagens foram claras e certeiras: “Tirem as mãos de cima das crianças”, “Uma Igreja sem abusos” e “O Papa protege os pedófilos”. Ler notícia aqui.

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 21:03
Link do post | Comentar

Hernández, 100 e muito mais

 

Provavelmente, nunca os faria. Mas se a biologia o protegesse com muitas doses de cumplicidade, Miguel Hernández teria feito ontem 100 anos de idade. Não seria nada de especial para um poeta tão grande, daqueles que, sem favor, merecem a imortalidade. No entanto, o franquismo, essa moléstia que gostava mais de morte que de cultura, não só não permitiu que Miguel Hernández tivesse obra e vida longas, como se encarregou de o encarcerar e levá-lo ao encontro da morte aos 32 anos de idade. Miguel Hernández viveu, espalhou poesia, combateu e morreu como um valente. Tanto que conhecia bem os cobardes. Como demonstrou e assim:

LOS COBARDES

Hombres veo que de hombres
sólo tienen, sólo gastan
el parecer y el cigarro,
el pantalón y la barba.

En el corazón son liebres,
gallinas en las entrañas,
galgos de rápido vientre,
que en épocas de paz ladran
y en épocas de cañones
desaparecen del mapa.

Estos hombres, estas liebres,
comisarios de la alarma,
cuando escuchan a cien leguas
el estruendo de las balas,
con singular heroísmo
a la carrera se lanzan,
se les alborota el ano,
el pelo se les espanta.
Valientemente se esconden,
gallardamente se escapan
del campo de los peligros
estas fugitivas cacas,
que me duelen hace tiempo
en los cojones del alma.

¿Dónde iréis que no vayáis
a la muerte, liebres pálidas,
podencos de poca fe
y de demasiadas patas?
¿No os averguenza mirar
en tanto lugar de España
a tanta mujer serena
bajo tantas amenazas?
Un tiro por cada diente
vuestra existencia reclama,
cobardes de piel cobarde
y de corazón de caña.
Tembláis como poseídos
de todo un siglo de escarcha
y vais del sol a la sombra
llenos de desconfianza.
Halláis los sótanos poco
defendidos por las casas.
Vuestro miedo exige al mundo
batallones de murallas,
barreras de plomo a orillas
de precipicios y zanjas
para vuestra pobre vida,
mezquina de sangre y ansias.
No os basta estar defendidos
por lluvias de sangre hidalga,
que no cesa de caer,
generosamente cálida,
un día tras otro día
a la gleba castellana.
No sentís el llamamiento
de las vidas derramadas.
Para salvar vuestra piel
las madrigueras no os bastan,
no os bastan los agujeros,
ni los retretes, ni nada.
Huis y huis, dando al pueblo,
mientras bebéis la distancia,
motivos para mataros
por las corridas espaldas.

Solos se quedan los hombres
al calor de las batallas,
y vosotros, lejos de ellas,
queréis ocultar la infamia,
pero el color de cobardes
no se os irá de la cara.

Ocupad los tristes puestos
de la triste telaraña.
Sustituid a la escoba,
y barred con vuestras nalgas
la mierda que vais dejando
donde colocáis la planta.

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 14:35
Link do post | Comentar

Hipócritas de sotaina, basta de tanta cumplicidade!

 

Nunca me atraiu ir a Roma para ver o Papa. Mas, hoje, gostaria de marchar, em solidariedade, até à Praça de São Pedro.

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 13:58
Link do post | Comentar
Sábado, 30 de Outubro de 2010

Acordo - 500 = Vigarice

 

Afinal, Cavaco convocou o Conselho de Estado para este pressionar a concretização de um embuste, o de um “acordo orçamental” com 500 milhões que ficam de fora, a pagar (pelos contribuintes) “à parte”, não se sabendo como nem quando. Olha se em Belém não morasse um notável professor de finanças.

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 16:16
Link do post | Comentar

Hoje, às 11h00, dizem que no parlamento

     

 

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 01:42
Link do post | Comentar
Sexta-feira, 29 de Outubro de 2010

Para o Museu de Arte Contemporânea em Futebol

 

Publicado por João Tunes às 23:01
Link do post | Comentar

Mensagem

 

Enviada pela CGTP-IN às CC.OO:

“Estimados companheiros,
Foi com profunda emoção que tomámos conhecimento do falecimento do companheiro Marcelino Camacho.
Neste momento de tristeza, recordamos o seu papel inesquecível na luta contra a ditadura franquista, o seu contributo determinante para a constituição das CC.OO. e a sua sábia liderança da vossa confederação, o seu elevado nível intelectual que pôs ao serviço dos trabalhadores e do povo espanhol.
Mas não foram só os trabalhadores espanhóis que perderam um líder esclarecido. Todo o sindicalismo internacional está de luto.
Pedimos-vos que transmitam à família de Marcelino Camacho os nossos mais profundos sentimentos de pesar.
Recebam, uma vez mais, as nossas sinceras condolências.”


(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 16:56
Link do post | Comentar

Trambolhão

 

Rui Namorado alerta (sobretudo “os seus”):

(…) o PS perde eleitorado para a direita e para a esquerda, mas o que perde para a direita é suficiente para esta chegar à maioria; o que perde para a oposição de esquerda não é suficiente para que esta se aproxime sequer da possibilidade de se constituir, por si só, como alternativa de Governo.
(…) seria pura cegueira política desconsiderar a sondagem ontem saída. Ela sublinha o risco de uma futura hecatombe eleitoral para o PS, de uma cisão entre o PS e uma parte do seu eleitorado que pode ser duradoura.
O contexto sócio-económico nacional e internacional, a anemia política dos partidos europeus da Internacional Socialista, a sofreguidão com que os poderes fácticos dominantes e a direita política europeia sugam a riqueza produzida pelos povos que dominam, tornam a luta política cada vez mais árdua. E fazem-no em tal grau que vai ficando claro que, sem mudanças estratégicas radicais, sem um sobressalto de unidade e de inteligência colectiva do povo de esquerda e dos partidos que nele têm raízes, corremos o risco de uma prolongada agonia política sob a égide institucional dos autómatos neoliberais que os poderes financeiros internacionais irão teleguiar com bonomia e cinismo.

 

 

(publicado também aqui)
Publicado por João Tunes às 15:47
Link do post | Comentar | Ver comentários (2)

Medidas cautelares, pois claro

 

Manuel António Pina volta, e bem, à carga sobre a esquadra-stripper da PSP:

A PSP considera naturalíssimo e "decorre[nte] das medidas cautelares de polícia" que duas das jovens detidas (menores, tudo o indica) tenham sido obrigadas a despir-se completamente na esquadra. Porque tudo terá tido, pelos vistos, a maior pureza de propósitos: fazer-lhes uma "revista sumária" (imagine-se o que será uma "revista completa") à procura de "armas, de fogo ou brancas" ou "produtos cujo transporte pode ser considerado crime, nomeadamente drogas".

Dir-se-ia, pois, que é rotina da PSP, de modo a pôr a nu todas as suspeitas possíveis sobre comuns cidadãos "conduzidos à esquadra", pedir-lhes o BI e mandá-los logo pôr-se em pelota. Talvez seja, mas, a crer no que se passou, será só com jovens raparigas, já que, no caso, os agentes se dispensaram de qualquer actividade por assim dizer investigatória no corpo do rapaz. Aparentemente, nem as mochilas do grupo terão sido revistadas. Só os corpos das jovens.

Há-de ter havido um bom motivo para isso. Talvez até mais do que um.

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 01:54
Link do post | Comentar

Honra à memória de Marcelino Camacho

 

Deixou-nos Marcelino Camacho, resistente e prisioneiro do franquismo, dirigente do PCE pelo qual foi deputado, fundador e dirigente histórico das CC.OO. O sindicalismo espanhol acaba de perder uma das suas figuras maiores. Mas não sai da memória da luta social e pela democracia em Espanha. Até sempre, Marcelino Camacho.
(publicado também aqui)
Publicado por João Tunes às 01:24
Link do post | Comentar
Quinta-feira, 28 de Outubro de 2010

Livrai-nos das surpresas

 

Diogo Feio, CDS/PP, no JN:

Foi com entusiasmo que assisti à apresentação da candidatura presidencial de Cavaco Silva. (…) Numa altura em que a desilusão dos portugueses vai aumentando, é muito conveniente ter em Belém alguém que não surpreende.

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 16:11
Link do post | Comentar

Expliquem-me (mas devagarinho, para ver se lá chego)

 

- A UGT entregou, juntamente com a CGTP, um pré-aviso de greve geral para protestar contra as medidas previstas no Orçamento e as suas consequências laborais.
- O secretário-geral da UGT defende a aprovação do Orçamento (já depois de assinar o pré-aviso de greve contra ele).

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 15:22
Link do post | Comentar

Orçamento e mercados

 

Ricardo Araújo Pereira, hoje na “Visão”:

Ainda sou do tempo em que os orçamentos tinham por objectivo facilitar a vida dos cidadãos. Agora, trata-se de facilitar a vida a essa entidade misteriosa que se chama «os mercados». Antigamente, os eleitores votavam nos seus representantes e estes, em retribuição, definiam um orçamento que servisse as aspirações dos eleitores. Agora, há que agradar aos mercados, o que torna o trabalho dos deputados mais complexo, até porque os mercados são mais exigentes que os eleitores. E mais poderosos. Os mercados são uma espécie de bicho feroz cujo aspecto ninguém conhece ao certo. A única coisa que sabemos acerca dos mercados é que levam a mal se os portugueses não passarem a pagar mais pelo leite.

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 14:47
Link do post | Comentar
Quarta-feira, 27 de Outubro de 2010

O sidonismo cavernícola de VGM

 

Cavaco Silva entendeu exercer o seu mandato no mais estrito respeito das normas constitucionais. No estado de esfarrapamento e depauperação em que Portugal se encontra, eu teria preferido mais voluntarismo da sua parte, isto é, que ele varresse a testada pondo essa gente no meio da rua sem demora. Mas reconheço que, constitucionalmente, não seria fácil despachar assim, sem mais nem para quê, um governo saído de eleições e com uma maioria a seu favor.
Por outro lado, nas últimas semanas, o seu magistério de influência e a sua capacidade de intervenção vêm-se mostrando decisivos para se chegar a uma solução de viabilização orçamental. Por via dela o País ganhará ainda um precário balão de oxigénio, e este Governo há-de seguir em funções até ser integralmente responsabilizado.
É claro que poderia ser desfiado aqui um ror de razões para apoiar Cavaco Silva. Mas entendo que para já basta uma só: Cavaco Silva é, neste momento, o único garante de que Portugal não vai a pique!
Se o país não pudesse contar com ele na chefia do Estado, lugar em que a sua autoridade, a sua experiência e o seu saber, quer no plano político, quer no plano profissional, lhe permitirão assumir um papel absolutamente fulcral, o resultado seria pior do que o de qualquer intervenção externa devida à bancarrota, viesse ela de Bruxelas, do BCE ou do FMI.

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 12:48
Link do post | Comentar | Ver comentários (1)

Sobre

 

a lista do Lopes.

(publicado também aqui)

Publicado por João Tunes às 11:53
Link do post | Comentar
liuxiaobo.jpg

j.tunes@sapo.pt


João Tunes

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO