Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2005

Para todos, um excelente...

2006.jpg

Para o ano, cá nos encontraremos (julgo e desejo).
Publicado por João Tunes às 00:50
Link do post | Comentar | Ver comentários (17)
Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2005

SE KÁ NEVA, FAZ-SE KÁ SKI

ski[1].jpg

Quem não acredita, arrisca-se. Votos de melhoras, acrescento.
Publicado por João Tunes às 23:57
Link do post | Comentar | Ver comentários (3)

MULHER(ES)

palomamini.jpg

Sou admirador das mulheres. Melhor dizendo, de mulheres. Ainda melhor dito: das mulheres que sejam mulheres. Precisando em mais fino: mulheres que me surjam como a mulher. Não por fetiche mas por prazer estético. Adicionando o tempero de um gosto íntimo de gostando-as, gostá-la. Talvez para eu poder continuar a gostar de ser homem e não ser mulher.

emozione01.jpg


Mulheres em bando, como tribo eufórica e fechada, carregam-me o sobrolho. Cuido-me. O melhor que consigo. E zarpo se começo a ouvi-las tratarem-se, entre si, rebaixando-se, por “cá-cá”, “li-li”, “mi-mi”, “té-té”, “lé-lé”, “ni-ni”, “fá-fᔠe “xá-xá”. Por me parecer que, assim, pelo menos acusticamente, essas mulheres se rebaixam à condição de ninhada de gatas.

Mas quando leio: ”Mulheres, entre lágrima e esperança, entre dor e alegria, resistentes, muito, à vida e ao tempo. Começaremos mais um ano juntas”, eu ajoelho de respeito. Porque sinto, cá dentro, uma mensagem mista de dor e valentia e que são, na minha escala, o melhor que se pode ter e dar. Obrigado.



teatral_1.JPG
Publicado por João Tunes às 23:19
Link do post | Comentar | Ver comentários (1)

Europeísta sim, é claro!

ue.JPG

A construção da Europa é um projecto sempre em aberto. Sempre incompleto. Sempre contraditório. Nada fácil. Mas convidativo. Atraente. Irrecusável. A não perder com platonismos negacionistas ou exibicionistas, pregados pelos utopistas dos absolutos. Do tudo ou nada. Do mal e do bem. Do bonito e do feio. Do perfeito e do imperfeito. Da virtude e do pecado. Do social e da selvajaria.

Step by step, lá iremos.

[Digam lá se este não é um bom voto-desejo para 2006...]
Publicado por João Tunes às 18:42
Link do post | Comentar

Inclusive, desenterrar o PRD?

nosferatu.jpg

”Ramalho Eanes (...) assegurou que tudo fará para assegurar a eleição do candidato apoiado pelo PSD e CDS-PP.”
Publicado por João Tunes às 18:00
Link do post | Comentar

Só nos faltava estarmos mais feios...

articles-67644_mudo3.jpg

”Mais velhos, mais pobres e mais endividados, assim estão os portugueses.”
Publicado por João Tunes às 00:04
Link do post | Comentar | Ver comentários (4)
Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2005

Uma candidatura no sexo-divã

F05julio_masoca.jpg

Aqui. Imperdível.

E, enquanto o pau vai e vem, folgam as costas benfiquistas. Antes assim, antes assim. E, confesso, vou-me habituando a gostar de gostar do besugo (já gostava do alonso e, por este andar, ainda acabo por - céus! - gostar também da lolita). Uma "cambada" de sedutores, esta tribo hiper-simpática e truculenta.
Publicado por João Tunes às 23:47
Link do post | Comentar

SE CALADO, É O PRIMEIRO

cine-mudo.jpg

Pronto, o Cavaco descaiu-se. Fugiu-lhe a boca para a intenção. Meteu aquela da Secretaria de Estado, sem querer. Não foi por mal. Muito menos por ímpeto de ingerência. O mal dele, só esse, foi ter dado uma entrevista assim para o mal preparado e mal controlado pelos assessores.

Falar, está mais que visto, é o grande problema de Cavaco. Se fala, mostra-se. Se se mostra, borra a pintura. Mais as sondagens. Pior, os votos dos devotos.

Cala-te Cavaco. Se voltas a falar, ainda desatas a contar para os jornais quais são os Directores-Gerais que tencionas nomear. E, sabe-se, os jornalistas são uma corja de linguareiros, não sabem guardar segredos.
Publicado por João Tunes às 16:50
Link do post | Comentar

A ORGANIZAÇÃO É QUASE TUDO

2005.jpg

Se, em política, a organização não é tudo, anda lá perto. Assim, uma candidatura com um (ou dois, ou três) partidos na rectaguarda é uma coisa, ir lá sem aparelho no apoio, é outra. Não por muito mais, mas sobretudo pela organização. Pois, se o dinheiro é a alma do negócio, a organização é a alma dos partidos. E, com organização, até as almas se juntam em sinergia – os partidos dão organização e ... também dinheiro.

Cavaquistas, soaristas, jerónimos & ecologistas, bloquistas mais eme-erres, estão, na actual corrida para Belém, em vantagem nítida sobre os outros, os sem ou acima dos partidos. Eles têm os seus aparelhos, logo têm organização. Mais o dinheiro da organização.

O cavaquismo faz, no meio disto tudo, a figura do parente rico. Tanto que é o que vai gastar mais massa a promover o seu produto. Os soaristas vêm logo a seguir. Mas estes fazem a bissetriz equidistante entre organização e fundos. Têm o seu dinheirinho farto mas bem contado, apostando sobretudo no fiel lubrificante da organização. Tanto que até já vemos o Raimundo Narciso a gastar um post só para citar Vital Moreira!
Publicado por João Tunes às 16:15
Link do post | Comentar

AGRADEÇO

teatr.JPG

Agradeço à chuinga o Prémio de “Passageiro Frequente” atribuído ao Água Lisa.

Registo igualmente a referência de José Pacheco Pereira a alguns posts sobre a sua biografia política sobre Álvaro Cunhal.
Publicado por João Tunes às 12:52
Link do post | Comentar | Ver comentários (1)

Laranjas amarelas?

dn_1.JPG

- Aqui está uma matéria em que, com a minha experiência, posso ajudar o governo a governar melhor. Comigo em Belém, as laranjas portuguesas vão voltar à sua cor partidária. Perdão, á sua cor natural.
Publicado por João Tunes às 12:35
Link do post | Comentar
Terça-feira, 27 de Dezembro de 2005

PAPISTAS FELIZES

vatica.JPG

”Quanto à nova moral permissivista preconizada pela Ideologia do Mal através do Parlamento Europeu – como a definiu João Paulo II em seu último livro, o Cardeal Ratzinger, ainda no sermão da Sexta Feira Santa, durante os Novemdiales, prometeu que a Igreja combateria essa Ideologia do Mal, e que essa luta seria bem mais grave do que a do terrorismo islâmico.
E nessa luta, das primeiras coisas liquidadas serão o casamento dos padres e a ordenação de mulheres.
Viva a vitória de Deus com a manutenção do celibato sacerdotal e pela não ordenação de mulheres!
Viva a vitória de Deus e da Igreja Católica e de sua doutrina imutável!
Isso é o que temem os modernistas que vêem em Bento XVI a pior escolha que poderia ter sido feita para o papado em nossos dias.
Isso esperam – e muito mais ainda – os que amam a Igreja, a sua doutrina imutável e sua lei santa.
O que esperam os católicos que não dobraram o joelho diante do ídolo do relativismo, é que Deus faça do Papa Bento XVI aquele Papa que Dom Bosco viu profeticamente, trazendo de volta o navio da Igreja, para as colunas da Hóstia, isto é, da Missa, e de Nossa Senhora. Local de onde o navio da Igreja nunca deveria ter saído. Deus abençoe o nosso Papa Bento XVI, o conserve e o santifique, fazendo dele o restaurador da Eucaristia e da ortodoxia, o vencedor do relativismo.
Assim Deus o ajude
Rezemos, pois, pelo Papa.
Viva o Papa Bento XVI !!”
Publicado por João Tunes às 15:48
Link do post | Comentar | Ver comentários (3)
Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2005

O DESTINO A MARCAR O LUGAR?

capt.sge.ofd09.151205002138.photo00.photo.default-380x255[1].jpg

Só nos boletins? Então, valeu a pena. As sestas que continuem por muitos e bons.
Publicado por João Tunes às 22:32
Link do post | Comentar | Ver comentários (1)

A MULHER COMO VULTO?

ISLAM.jpg

Não mais que isso. Como sombra de si. E fantasma de nós.

É a tradição, não é?
Publicado por João Tunes às 17:54
Link do post | Comentar | Ver comentários (3)

RECEBO ENCOMENDAS NO DOMICILIO

ENCHARCADA03[1].jpg

Pois, como me prometera, poupei-me dos abusos. Fui quase um asceta na mesa farta da consoada – o bacalhau com os acompanhantes e pouco mais. Mais ainda no almoço do dia, esmerando-me no paladar vagaroso do excelente cabrito confecionado pela cunhada-cozinheira de dotes maiores e revelados na sua fase de mulher madura. Bebidas, poucas. Doces, quase nada. E gostei de me ver assim – moderado, coisa rara naquilo de que sou feito.

Blogocaminhando no pós-festa, pronto para a próxima, dou com o meu doce preferido aqui escarrapachado e em convite á gula invejosa. Com receita e tudo. E o apetite recalcado, veio-me á flor do palato. Marchava, oh se marchava. Aguardo acto fraternal de mãos caridosas e de alma ainda mais.
Publicado por João Tunes às 17:38
Link do post | Comentar | Ver comentários (2)
liuxiaobo.jpg

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

João Tunes

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO