Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

O assalto ao palácio invernoso do BPP

 

Assisto, emocionado, pela televisão, ao assalto ao palácio de inverno nortenho do BPP pelo soviete do proletariado dos depositantes. Estes neo-revolucionários, filhos da especulação e da crise, vítimas da crença no lucro gordo, fácil e a prazo curto, não aparentam serem camponeses, operários, soldados e marinheiros. Mas, disso, os depositantes do BPP não têm culpa, ela é da transversalidade da crise que misturou classes e contas. Os ocupantes foram seviciados, porque divididos entres os que ficaram dentro e os que moram fora, estes apanhados desprevenidos quando largaram a acção de ocupação para virem tomar um café e arejarem as pernas e os telemóveis. E, entretanto, a PSP deu uns empurrões para fechar o portão das traseiras e, assim, separar os grupos tresmalhados dos bolcheviques pró-reembolso. Os entrevistados poupam, nas entrevistas, o figurão da tramóia que lhes alimentou a ilusão do lucro rápido e fácil. Ninguém grita “Morte ao Rendeiro e a quem o apoiar!”. Ao contrário, há, naquele ar insurreccional, uma absolvição prematura do seu banqueiro kerensky, o vigarista cúmplice nas suas ilusões de multiplicação de euros. Ladrões, dito assim e com todas as letras pelos depoentes pela parte dos ocupantes, são os do governo, sobretudo o primeiro-ministro e o ministro das finanças, os que deram uma mão gorda, com os dinheiros de todos os contribuintes, para o banco não virar de pantanas logo que o esquema foi, tardiamente, detectado. Mas os insurrectos rematam, e sem remate não há revolução, apelando, não a Trotsky nem a Louçã, sequer a Estaline ou a Jerónimo, mas sim, espante-se, ao czar Nicolau de ocasião, bramando que Cavaco venha em seu socorro imediato, metendo aquela revolução bancária nos carris da justiça. Há aqui quaisquer coisas que não batem certas segundo o certo e o errado no adquirido e consagrado. Muito sobrando, certamente, para rever.

 

Publicado por João Tunes às 23:05
Link do post | Comentar
3 comentários:
De Draguinho a 29 de Dezembro de 2009 às 20:45
Eu peço desculpa, este comentário não tem nada ver com o post .
Irritam-me solenemente as perguntas das (a maioria é feminina ) repórteres televisivas à procura de que do achismo das vítimas desabroche a explicação para as intempéries.
Ainda hei-de ouvir esta:
- Acha que isto acontece porque a Terra anda à volta do Sol?
De nuno granja a 30 de Dezembro de 2009 às 09:41
Este comentário tem a ver com post...

Mais uma vez um excelente post, foram roubados pelo rendeiro, fomos (contribuintes) roubados por causa do rendeiro e insistem que teremos (contribuintes) de ser novamente roubados para lhes garantir os investimentos na totalidade

como diria o Alm. Pinto de Azevedo, não gosto! é uma coisa que me irrita!
De nuno granja a 30 de Dezembro de 2009 às 09:43
Almirante "Pinheiro" de Azevedo e não """Pinto"

Comentar post

liuxiaobo.jpg

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

João Tunes

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO