Sábado, 28 de Junho de 2008

A LEGIÃO CONDOR NÃO PASSARÁ! (excessos de linguagem só recomendáveis em assuntos de futebol)

 

A minha geração é vítima de um dos grandes paradoxos da geopolítica manhosa: ter sido instruída a odiar, ou no mínimo menosprezar, um país vizinho para que os regimes de ambas as ditaduras fronteiriças fossem unidos como a unha é com o dedo.  Não fujo à regra nem dou como tempo perdido o perdurar do preconceito de malquistar os espanhóis e as espanholadas. Pela simples razão de ter sido compensado com generosos juros. De tanto detestar Espanha e os espanhóis, fiquei com uma enorme sede de descobrir os locais do ódio, as suas raízes e os energúmenos que lhe fizeram a história e lhe davam o proveito da existência. E como o condómino que se vai interessando cada vez mais pela descoberta da sensualidade de uma vizinha que cada vez apetece mais, entrando pé ante pé na sua intimidade, acabei nisto: apaixonado sem remédio pela vizinha a quem antes apenas se grunhiam umas boas tarde e por favor. E digo-vos: ainda a missa erótica vai a metade pois que a Espanha por e para descobrir é obra para mais que uma vida. E eu confesso, da sua mama esquerda ainda não passei no desfrute, apesar do tour de voyeur por quase todo o seu corpo. Mas se gosto de Espanha e de alguns espanhóis, e eu só sei gostar muito, não gosto nada da “Hispanidad” (não esqueço os mapas da Península que a Falange divulgava), por muito mesmo nada que isso pese à empresa literária Saramago & Pilar, SA.    
 
O dito foi mero intróito para dizer que, pelas razões expostas mais pelo fascínio de boca aberta pelos hinos ao futebol que plantaram neste Euro, amanhã serei um espanhol frenético a torcer pela “nossa” Espanha. E pelo seu jogador que é o mais espanhol de todos, o demonstrador que não há um povo espanhol mas muitos povos espanhóis, o melhor jogador que passou por este Euro, Marcos Senna, essa Catedral melhor que a de Burgos (até porque este génio não perde um minuto a decorar o campo com enfeites góticos, antes sendo um santo calvinista na precisão pragmaticamente divina do passe), a dominar a eucaristia do meio campo, essa mãe santa de qualquer rectângulo onde se pratique o futebol moderno. E, para que dúvidas não restem, aqui fica já a bandeira hasteada, a que amanhã me vai enfeitar a mão para assistir à desfeita aos teutónicos.
 

Mañana por la tarde: Que Viva España! OLÉ!

 

Publicado por João Tunes às 16:12
Link do post | Comentar
7 comentários:
De Lutz a 28 de Junho de 2008 às 18:11
Sonhe, João, sonhe!
De carlosfreitas a 28 de Junho de 2008 às 19:46
Já não fui educado neste "rancor" de que fala o João, sou mais pró iberista, se é que isso é alguma coisa. Mas tenho Olivença como peça de engulho dessa pertença. Daí que não vá puxar por "nuestros hermanos", apodo que considero pouco simpático. Se ganharem que lhes faça bom proveito que, por cá, limito-me a comer outra Laranja.
De João Tunes a 28 de Junho de 2008 às 22:25
Sobre Olivenza, pergunte-se aos "oliventinos".

De Van Aerts a 29 de Junho de 2008 às 14:40
A por ellos...
De Daniel a 29 de Junho de 2008 às 18:36
Gracias por su apoyo amigo Joâo...
También les vengaremos a ustedes de estos alemanes sin alma. Tenga en cuenta que para mí esta es una final sorpresa. Yo había pronosticado un Portugal-Holanda!

Solo una objeción: Está seguro de que no se ha equivocado de bandera? ;)
De carlos a 29 de Junho de 2008 às 22:33
"E eu confesso, da sua mama esquerda ainda não passei no desfrute, apesar do tour de voyeur por quase todo o seu corpo."

Ah (poli)Valente! e rebusca bem os cantos, os redondilhos dos voluptuosos cantos... lol

De marceloribeiro@netcabo.pt a 29 de Junho de 2008 às 20:43
Sou como V sabe iberista e hispanista:
acima, acima gajeiro
acima ao mastro real
Se vês terras de Espanha
areias de Portugal.

sempre achei burra a educação recebida em que Castela era o monstro e nós os cordeirinhos. Não tendo vocação de animal sacrificial fui conhecendo e amando a terra ibérica e se simpatizo com a 2tricolor" não me chateia hastear a bandeira vermrlha e ouro (que vem de Aragão).
gosto da alemanha de onde me vem um trisavô não me zanguei com a justíssima vitória deles contra nós e não me move a vingança. só que a Espanha é a grande EQUiPA deste campeonato. disse equipa? Repito-o! Equipa e não um punhado de rapazes geitosos a jogar cada um para seu lado.
A ver se festejamos! Com cerveja (boa) alemã se for preciso!

Comentar post

liuxiaobo.jpg

j.tunes@sapo.pt


João Tunes

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO