Terça-feira, 24 de Junho de 2008

BERLIM, HÁ 60 ANOS

 

Há precisamente 60 anos, Estaline fez o primeiro grande teste à capacidade de resposta ocidental ao seu poder de iniciativa no quadro da Guerra Fria, recolocando o espectro da guerra (agora com novo alinhamento das partes, dividindo os vencedores que três anos antes haviam vergado a Alemanha nazi). Com ambos os lados a possuírem armamento nuclear. E outra vez tudo parecia querer recomeçar na Alemanha. Mais concretamente, em Berlim.
 
Numa decisão temerária, contando com o efeito do medo e do pânico, em Junho de 1948, Estaline decidiu encerrar todos os acessos terrestres a Berlim Ocidental, transformando em reféns 2,2 milhões de berlinenses, privando-os de tudo, incluindo comida e combustível. Ocupada toda Berlim, desbaratada toda a Alemanha, o Exército Vermelho chegaria até à fronteira com a França, depois o PCF e o PCI fariam o resto que havia a fazer e a Europa seria vermelha.
 
Mas os ocidentais responderam. Uma gigantesca ponte aérea, que durou 320 dias ininterruptos, totalizando 280.000 voos, numa média de 900 voos diários, com aterragens de três em três minutos, foi montada para auxiliar Berlim e para onde foram transportadas 2,3 milhões de toneladas de mercadorias.
 
Berlim resistiu. E a 12 de Maio de 1949, foi Estaline que recuou, engolindo a provocação. A força bruta soviética não resultara face à determinação, meios e tecnologia do inimigo capitalista. O mundo respirou de alívio. Sobretudo os berlinenses. Com o preço de terem de esperar mais quarenta anos, por 1989, para terem a cidade reunificada e sem muro a dividi-la. Mas o pior, uma hipótese bem real de se reacenderem as labaredas da guerra, tinha passado.
 

No meio da miríade de pequenas e grandes discórdias dos nossos dias, e porque a memória é sempre curta, quantas vezes os europeus se lembram que não foi há muito que estiveram à beira de tudo perderem, pulverizando-se o continente nas poeiras de cogumelos atómicos?

 

Publicado por João Tunes às 12:31
Link do post | Comentar
1 comentário:
De MFerrer a 24 de Junho de 2008 às 14:24
O que é lamentável é a ideia de uma certa esquerda, que nunca reconheceu os crimes dos seus aliados naturais, e que nos quer vender os gatos mortos por lebres frescas...
Só medidas determinadas e fortes os fazemrecuar.
De contrário, gastamo nosso dinheiro em camionetas, para virem a Lisboa defender o passado, as mordomias, e a justiça partidária que professam.
Lamentável esta esquerda que apenas defende o passado!
MFerrer

Comentar post

liuxiaobo.jpg

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

João Tunes

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO