Quinta-feira, 24 de Abril de 2008

A PADEIRA AGIT-PROP DE MIRANDELA

 

Se houvesse pão e vinho na Padaria Seramota de Mirandela, em vez de pão e jornal, poderíamos estar perante um caso projectado de liturgia neo-cristã. Assim, teremos apenas o fenómeno de uma padaria que enfarinha o marxismo-leninismo antes de o levar ao forno das consciências proletárias mesmo as que, presumidas, pensem não o serem. Nada que sirva para reflectir ou discutir, contraditar muito menos, apenas para servir de hóstia sagrada em regime de take-away na consagração a São Jerónimo. Ora leia-se este comovente naco de neo-realismo tardio capaz de fazer chorar uma pedra transmontana:

 

Quando se entra na Padaria Seramota, na zona antiga de Mirandela, dá-se logo de caras com um molho de Avantes colocado ao lado da balança, entre exemplares de O Militante e folhetos de propaganda do Partido. Emoldurado e exposto na parede está um prospecto do Partido comemorativo do Dia Internacional da Mulher, onde surge uma fotografia de Maria Inês Araújo, proprietária da padaria e militante comunista há mais de trinta anos.
São assim Maria Inês e o marido Acácio, com as convicções bem à vista. «Toda a gente sabe o que nós somos», afirmou Maria Inês. E ambos fazem questão que assim seja. Afinal, acrescentou Acácio, «temos honra e vaidade em seremos comunistas».
É com um sorriso aberto e algum descaramento que Maria Inês desafia os clientes a comprar o Avante!. Sejam eles quem forem. Se alguns, militantes do Partido, vão à sua padaria também com esse objectivo, são muitos mais os que lá vão apenas para comprar pão e que acabam por sair com o jornal debaixo do braço: «A senhora já sabe que sou da sua cor», responde um cliente. «Mais uma razão para comprar», remata Inês estendendo-lhe um exemplar. O cliente acede.
«Ó senhor presidente, não quer um Avante!?», grita a padeira detrás do balcão para um homem que passava na rua. Este entra no estabelecimento, sorridente. Após uma breve mas acalorada conversa sobre a actividade da Câmara Municipal, o homem sai, com o jornal. Ficamos a saber que é presidente de uma junta de freguesia e secretário da Assembleia Municipal, eleito pelo PSD.
«Nunca me sobra nenhum Avante!», diz Maria Inês. Quando não os consegue vender todos, oferece alguns, que paga depois ao Partido.

Publicado por João Tunes às 14:46
Link do post | Comentar
8 comentários:
De marceloribeiro a 24 de Abril de 2008 às 18:48
Eu destes militantes não tenho medo nem pena. Antes os respeito: vender o Avante em Trás-Os-montes pode já não ser perigoso mas é arriscado (economicamente, pelo menos). Estou em crer que o comunismo deste casal difere muito do dos frequentadores assíduos da Soeiro Pereira Gomes.
claro que num país normal ninguém dedicaria a isto duas linhas:nem o jornal, nem o blog nem o comentador. Mas de facto não estamos num país assim tão normal...
De João Tunes a 24 de Abril de 2008 às 21:36
Medo? Pena? Para que raio lhe deu hoje...
De Francisco António a 24 de Abril de 2008 às 18:56
O Belmiro oferece o Público no "Cotinente" como diria o Jardim, a Seramota da Maria Inês oferece o Avante, pois bem, quando do São Martinho não se esqueçam para embrulhar castanhas... às escondidas da ASAE
De matchotransmontano a 24 de Abril de 2008 às 19:32
o que eu vós digo é que o pão é do melhor... quanto ao comunismo, já sou cliente à muitos anos e nunca me publicitou o avante, e sei muito bem da sua cor, que acho que neste caso é uma normalidade e nada mais... inté...
De João Tunes a 24 de Abril de 2008 às 21:35
Pois, não lê os jornais da Dona Maria Inês e depois escreve "à muitos anos "... Leia, sff, leia.
De Van Aerts a 24 de Abril de 2008 às 23:35
Snif, snif
De Telmo Simão a 25 de Abril de 2008 às 21:22
Vá alguem explicar à padeira o conjunto de contradições que ela manifesta. Capitalista (vende o pão) e comunista, vende os Avantes como podia vender santinhos, só é pena que a Senhora não tenha hipotese de ir vender pão para Cuba.
De Anónimo a 30 de Maio de 2008 às 14:59
Vende pão para a barriga e o avante para a mente.
Vende e vende bem.
Genta boa e séria, amigos dos amigos como há poucos.
Inês, continua.

Comentar post

liuxiaobo.jpg

j.tunes@sapo.pt


. 4 seguidores

João Tunes

Pesquisar neste blog

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Nas cavernas da arqueolog...

O eterno Rossellini.

Um esforço desamparado

Pelas entranhas pútridas ...

O hino

Sartre & Beauvoir, Beauvo...

Os últimos anos de Sartre...

Muito talento em obra pós...

Feminismo e livros

Viajando pela agonia do c...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Links:

blogs SAPO